quinta-feira, 1 de novembro de 2012

sala de aula em MARÍLIA vira octógono de MMA



Alunos da 8ª série da Escola Estadual Gabriel Monteiro brigaram dentro de uma sala de aula nesta quarta-feira (31), em Marília, SP. As imagens foram feitas por um estudante usando um celular.
As agressões, inicialmente, são entre dois estudantes. Mas a confusão ficou generalizada e várias pessoas participaram da briga. Um aluno contou que entre os envolvidos estavam estudantes de outra classe, que teriam invadido o local.
De acordo com o jovem, a briga teria começado depois de troca de ofensas entre uma aluna e outro rapaz. Em seguida, a pancadaria tomou conta da sala da aula onde estavam cerca de 20 alunos. Dois deles caíram no chão e um foi espancado com socos e chutes. Uma professora teria tentado apartar a briga. A Polícia Militar foi acionada para conter a confusão. De acordo com o comando da corporação foi preciso usar gás de pimenta para evitar a aproximação de alunos contra o rapaz que levou a maior parte das agressões.
Além disso, alguns estudantes foram levados à delegacia para registrar um boletim de ocorrência. Um objeto chegou a ser atirado contra o carro da polícia pelos alunos, mas não danificou a lataria. Apesar da violência, os envolvidos não precisaram ser levados ao hospital. 
A Secretaria de Educação do Estado lamenta a agressão e afirma que a professora teria tentado impedir a briga. Na próxima semana, o conselho da escola irá decidir quais medidas disciplinares serão adotadas de acordo com o regimento escolar. ( e ai ninguém mais tem o controle, se não separam tinham matado o cara, policia não tem controle, vcs viram o caso do policial sendo chamado de coxinha, se não viram vejam ai abaixo no blog.
e assim caminha o BRASIL, com o famigerado di menor, professores estressados, a geração de novos bárbaros sendo criada de qualquer jeito gerando tudo isso ai.)

Nenhum comentário: