quarta-feira, 29 de maio de 2013

AVIÃO CAI E ATINGE CASA NO JD SÃO GUILHERME EM SOROCABA.

Mais fotos…
Piloto e copiloto morreram com a queda de um avião monomotor na tarde de hoje no Jardim São Guilherme, em Sorocaba. O acidente ocorreu por volta das 15h40, na rua Belmiro Moreira Soares, altura do número 1.189. 
Acredita-se que o piloto tenha tentado fazer um pouso forçado numa área utilizada como campo de futebol. A queda, no entanto, aconteceu bem em frente a uma casa. A asa do avião atingiu o muro da residência. Com a explosão, um incêndio se propagou e atingiu 50% do imóvel. Os moradores saíram ilesos, pelos fundos do local. Nenhum morador do bairro se feriu. os corpos das vítimas ainda estão sob os restos da aeronave. O piloto Cauan Nichelimi e o copiloto Fernando Bondezan Moreira, 34 anos, morreram na hora.
O avião anfíbio, prefixo PPXLR, decolou no Aeroporto de Sorocaba com destino a Jundiaí. Moradores que testemunharam o ocorrido contam que momentos antes da queda a aeronave começou a perder altitude em movimentos giratórios, direto ao chão.
O monomotor de fabricação norte americana passou por manutenção numa das oficinas instaladas no aeroporto de Sorocaba. O barulho da explosão e o risco de propagação das chamas gerararam pânico entre os moradores. Alguns deles, usaram mangueiras para debelar o fogo que se espalhava pela rua em razão do vazamento de querosene combustível. A casa atingida foi interditada pela Defesa Civil por medida de segurança. Outra também sofreu avarias, mas em proporção menor.
A rede elétrica foi atingida, o que ajudou a propagação do incêndio. A região está sem energia. De acordo com a Urbes – Trânsito e Transportes, os semáforos do bairro tiveram o funcionamento interrompido durante 30 minutos, mas já foram reestabelecidos. Durante este tempo agentes auxiliaram o trânsito. Viaturas da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e GCM estão no local, além do helicóptero Águia. 

hana
Em nota o Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp) informou que a investigação das causas do acidente será realizada pela Aeronáutica, por meio do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes (Seripa).
Já a assessoria de imprensa da Força Aérea Brasileira (FAB) divulgou comunicado no qual esclarece que o avião envolvido no acidente era uma aeranove experimental. Ainda de acordo com a FAB, aviões deste tipo não precisam passar por investigação após acidentes, mas o órgão não descarta a possibilidade.
888
Moradora de casa atingida pelo fogo conta como escapou
Duas meninas de 16 anos estavam nas casas atingidas pelo fogo gerado a partir da explosão. Elas foram salvas por Marcelo Gasque Colares, 26 anos, que trabalhava na instalação de um para-raios no telhado de uma residência próxima, e correu para prestar ajuda após testemunhar a queda da aeronave.
Andrezza Ribeiro de Oliveira, 16 anos, e sua vizinha, da mesma idade, foram retiradas pelo homem, através do muro dos fundos de um dos imóveis.
Ainda emocionada, Andrezza contou que tinha acabado de almoçar e levava comida para seu cachorro, quando ouviu o estrondo e sentiu a casa tremer. “Eu saí da minha casa, peguei o cachorro e pulei para a casa da minha tia, porque imaginei que pelo corredor ao lado daria para sair, mas vi o fogo entrando por debaixo do portão”, relembrou assustada. Ela contou ter encontrado a inquilina da tia e decidiu retornar à sua casa. Empurrou uma máquina de lavar até o muro e pulou de volta com a vizinha, levando consigo o cachorro. De volta à casa onde mora, correu para os fundos e começou a gritar por ajuda. O morador da casa vizinha dos fundos ouviu o pedido de ajuda e chamou Marcelo, que conseguiu puxar as duas pelos braços. O animal de estimação também foi resgatado. Todos saíram ilesos.
Após o resgate, Marcelo entrou na casa a tempo de remover o botijão de gás e evitar um estrago maior. Ele precisou quebrar o vidro de uma das portas e feriu-se na mão. “Eu não pensei duas vezes. Entrei e tentei ajudar como pude. O calor e o cheiro de fumaça estavam muito fortes, mas, na hora, só estava preocupado em colaborar. Foi muito terrível. Eu nunca tina visto um acidente desse tamanho. Acho que vou me lembrar de tudo enquanto viver”, declarou.
ALDO V. SILVA
pilot2 
Documento de copiloto foi recuperado entre os restos do avião

Nenhum comentário: