domingo, 14 de dezembro de 2014

XUXA XAMOR ESTRANHO AMOR, perseguição que nunca termina, apagar o que já foi feito


Xuxa Meneghel sofreu uma nova derrota em uma ação que move contra o Google, por conta de pesquisas que associava a apresentadora à pedofilia, devido ao filme “Amor Estranho Amor”, que fez em 1982.
Na obra, a apresentadora da Rede Globo participa de cenas sensuais com um menor de idade. O filme acabou se perpetuando na internet e facilitado pela existência do Google, o que Xuxa considerou ofensivo.
No entanto, o juiz Arthur Eduardo Magalhães Ferreira decidiu seguir a jurisprudência do Supremo Tribunal de Justiça e determinou que o direito do livre acesso à informação é mais importante do que a intenção da apresentadora de ver este conteúdo desassociado ao seu nome.
Xuxa deve recorrer, pela última vez, no STJ. Caso perca novamente, a decisão será em definitivo e nenhum recurso poderá ser feito, a não ser que ela entre com um novo processo.
(essa idiota vai ficar velha com 100 anos de idade e ainda vai correr atrás disso , não cansa.
e depois,? vai mandar a filha já adulta tb continuar esta luta, até não existir mais uma ceninha do filme pra ser vista em lugar algum ? da web ?
ta feito, não adianta mais, todos que puderem ver já viram, ta preocupada com quem, se a nova geração nem sabe mais quem vc é , o que já foi, a sua geração já cresceu XUXA ,não percebeu ainda ?
vc já foi rainha dos baixinhos, pra ficar se preocupando ainda com este filme.)

Nenhum comentário: