sábado, 29 de agosto de 2015

LULA é atacado a facadas em SP







SÃO PAULO – Um boneco inflável que representa o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vestido com roupa de presidiário, apelidado de “Pixuleco“, foi rasgado na tarde desta sexta-feira no Viaduto do Chá, em frente à prefeitura de São Paulo. A estudante de Direito Emmanuelle Thomaziello Valério de Souza, de 20 anos, foi detida após golpear com uma faca o boneco, que esvaziou imediatamente. A estudante foi segurada por manifestantes e levada por policiais para a 3ª DP, no Centro de São Paulo. Na delegacia, a estudante contou que é filiada ao PCdoB e integrante da União da Juventude Socialista (UJS), mas negou o ataque. O caso foi registrado como dano a patrimônio. De acordo com a polícia, o boneco passará por perícia na segunda-feira.
Cristiane Polo, do Movimento Brasil Melhor, conta que o ataque ao boneco inflável ocorreu quando um grupo chegou ao local e hostilizou os manifestantes antigovernistas.
— Eles chegaram agredindo as pessoas. Uma das pessoas que estavam lá chegou a ser atingida com uma pancada na cabeça. Logo depois, uma mulher atingiu a parte (do boneco) na bola da Lava-Jato — diz Cristiane.
Integrante do movimento Nas Ruas, Henrique Rocha Menezes disse que o grupo estava no viaduto à espera do “Pixuleco”, no que ele chamou de “emboscada”. 
— O ataque foi do meu lado. A menina passou do meu lado, pulou o cordão de isolamento e furou o boneco em dois lugares. Ela furou o boneco no braço do Lula e na bola preta, que sustenta o “Pixuleco”. A gente teve que desmontar o boneco a pedido da polícia, para evitar (conflitos) — explicou Menezes.
O ‘Lula Inflado’ foi montado na manhã desta sexta-feira em um dos principais cartões postais de São Paulo: a Ponte Estaiada Octávio Frias de Oliveira, na Zona Sul da capital paulista. No meio da tarde, ele reapareceu em frente à prefeitura de São Paulo, no Vale do Anhangabaú.
Antes do ataque, o boneco já havia passado em uma oficina, na manhã desta sexta-feira, para reparar um novo furo que ocorreu na ação da Ponte Estaiada. Um dos organizadores contou que, ao movimentar o “Lula Inflado”, um rasgo apareceu na região do pescoço. Ele foi levado para o conserto ainda pela manhã.
Após o ataque, o protesto marcado para domingo na Avenida Paulista em frente ao Tribunal de Contas da União (TCU) com o boneco foi cancelado.
( com certeza eram petistas que fizeram isso com o boneco, rasta saber se foram mandados ou foram por conta própria)

Nenhum comentário: